MPLA NO PARLAMENTO: Deputados defendem identificação das obras do PIIM
MPLA NO PARLAMENTO: Deputados defendem identificação das obras do PIIM

Camarada Tomás da Silva, na foto à direita, disse domingo (06) no município da Humpata, província da Huíla, que “o MPLA não tem nada a esconder”.

PortalMPLA, 09 OUTUBRO 19 (4ª FEIRA) - Deputados do MPLA defenderam a colocação de placas que identifiquem a execução das obras enquadradas na execução do PIIM (Programa Integrado de Intervenção nos Municípios) do Governo angolano, cujo pontapé de saída ocorreu ontem, 08, no Moxico, leste de Angola.

Num encontro, domingo (06), no município da Humpata, província da Huíla, sudoeste do País, com os membros do Comité Municipal do MPLA e do Conselho de Auscultação da Comunidade, o deputado Tomás da Silva, na foto à direita, disse ser fundamental que todas as obras do PIIM sejam identificadas com a colocação de placas que espelhem o resumo de cada acção, por constituir um elemento de transparência.

Segundo suas palavras, o PIIM vai exigir transparência, o que significa que todos têm que saber onde está a ser gasto o dinheiro público. “Sabemos que o dinheiro é pouco, mas as necessidades são imensas e o povo quer saber onde e como está a ser aplicado o dinheiro.

E uma das coisas que faz com que se saiba, é através da maqueta, o que se pode chamar fiscalização social”, esclareceu. Aquele parlamentar realçou, a propósito, que o MPLA não tem nada a esconder e que a divulgação de dados reais permite, também, controlar, participar e dar a informação correcta.

De recordar que, de dois a seis de Outubro corrente, o Grupo Parlamentar do MPLA, que composto na Assembleia Nacional por 150 deputados, realizou visitas de auscultação aos 164 municípios de Angola, onde constatou a sua actual situação socioeconómica, tendo em atenção os projectos a incluir no Orçamento Geral do Estado de 2020 e a execução do PIIM.

/www.mpla.ao

/LM/AB

Ver todos os artigos
Próxima notícia
Imprensa
Redes Sociais
Facebook
Youtube